Para não perder as atualizações, visite todos os dias!
Adicione o Museu Anos 80 aos seus favoritos!




domingo, 8 de abril de 2007

ESCRITOR DE CASA NÃO FAZ TEXTO BOM.

- Papai, olha que texto legal do Mario Prata nesse Blog!
- Papai ta terminando um texto aqui e já vai.
- Pai, ele escreve bem, né...
- Seu pai é fã.
- Pai, eu já li um livro dele. É demais!
- É, minha filha, mas os textos do papai você nunca leu, não é?!?!
- Pai, escuta esta parte do texto. Foi a que mais gostei.
- Mas filha, esse texto é meu!
- Seu? Sonha, papai!
- É verdade, minha filha. O texto é do papai, só que colocaram os créditos errados neste Blog. O dono do Blog deve ser um incompetente!
- Papai, este texto não pode ser seu. Eu não leio seus textos, mas vejo você catando milho no computador. Quem cata milho desse jeito não pode escrever bem assim.
- Papai não cata milho. Papai pensa enquanto escreve, então escreve devagar.
- Papai, não pode ser seu mesmo. Ta tudo organizadinho. As vírgulas todas nos respectivos lugares, os pontos finais também, e você é bagunceiro.
- Mas filha, é do papai!
- Não, não pode ser. O senhor deixa copo sujo em cima da TV!
- Filha, daqui a pouco, até eu vou acreditar que o texto é do Mario Prata.
- Isso, conforme-se papai! Estão falando bem à beça do texto aqui nos comentários, sabia?
- É?!?! Hum, vou aí ver! Nossa filha, e não é que gostaram???
- É papai, esse Mario Prata é bom mesmo!
- Mas eu já disse que o texto é meu, minha filha! Eu vou pegar o original pra você ver!
- Ih, papai, e não é que é do senhor mesmo?!?!?! Eu vou deixar um comentário lá agorinha dizendo isso!
- Ah, filha, que bom que você ficou orgulhosa do papai e quer que todos saibam que esse texto é meu...
- Não é isso, papai! Estou preocupada é com a reputação do Mario Prata. O senhor cata milho e deixa copos sujos em cima da TV! Esse texto não deve ser lá essas coisas!

Créditos de: Roberto L. – Museu Anos 80 – http://museuanosoitenta.blogspot.com


Fiz este texto inspirado no seguinte fato: publiquei abaixo um texto de Antonio Rocha Neto (Crônica Dúvidas Pascoais), que “rola” pela Internet como sendo de autoria de Luis Fernando Veríssimo. E neste endereço, http://www.baixadaon.com/interativa/forum2/message.php?mid=436 , está publicado um e-mail em que ele esclarece ser de sua autoria e diz ser uma honra ter um texto confundido com o Veríssimo. Então, pensei cá com meus botões. “Que bom seria um dia ser confundido com o Mario Prata ou Veríssimo!” Quanta pretensão, né? Abraços a todos e uma feliz páscoa!

Nota: Os créditos de “Dúvidas Pascoais” já foram devidamente atribuídos a Antonio Rocha Neto.

5 comentários:

Vitor disse...

Curiosamente, o Mario Prata tem um texto circulando na rede erroneamente atribuído ao Verissimo chamado "Afinal, quem é louco?" (circula com o título "Crônica da loucura"). Coincidência?

Roberto L. disse...

A questão é: porque tantos textos que não são do Veríssimo são atribuídos a ele?

Babe Girl disse...

Oii.. nOssa Adoro os Textos do Luiz Fernando Verissimo .. mas se fosse visto um texto meu com o nome de outro autor poderia ser o melhor dos melhores.. mas eu ficaria chateada !!!

mto legal seu texto haha .. e pior q tem filho que é assim mesmo !!!

()()
('.') Feliz Páscoa !!
(")(")*.¸ಋ*.¸ಲ*.¸ಋ*.¸*
═══*.¸ಋ*.¸ಲ*.¸ಋ*.¸ಲ*.¸ಋ*.¸ಲ

Bjos !!

Berna disse...

Porra Beto, se me confudirem contigo eu dou um tiro na cabeça !!!

Roberto L. disse...

vai a merda, Berna. kkkkkkkkkkkk