Para não perder as atualizações, visite todos os dias!
Adicione o Museu Anos 80 aos seus favoritos!




quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Eduardo Santos - Judoca




Ontem (13 de agosto de 2008) a Rede Globo mostrou no Jornal Nacional a história de um atleta, o judoca Eduardo Santos. Acho que todos se emocionaram com esse cara, que teve que esperar por dez anos para usar a faixa preta por não ter dinheiro para pagar o exame. Ele não trouxe medalha, mas se realmente esse país tivesse vergonha na cara, a história de esforço dele se transformaria em muitas outras medalhas daqui pra frente. Como pode um país de 190 milhões de habitantes estar lá atrás na lista de medalhistas? Só tem uma explicação pra isso e acho que todo mundo já sabe qual é, nosso país não incentiva o esporte, assim como também não incentiva a cultura, educação e muitas outras coisas.

Em seu discurso emocionado, Eduardo Santos disse chorando que não teve competência para derrubar o adversário. Bobagem, Eduardo. Nosso país é que não teve competência pra te apoiar, assim como não teve competência de apoiar muitos outros atletas. Mas também não se pode esperar que um país que está com a segurança e a saúde pública falidas faça alguma coisa pelo esporte. Sendo assim, Eduardo Santos, você derrotou o maior de todos os adversários, um adversário caseiro e silencioso, que se chama descaso.

Nossos governantes regem um país de pessoas inteligentes, um país sem guerras, sem desastres naturais e não tem competência para elevá-lo à condição de primeiro mundo, com todas as condições a favor. Eles que tem que nos pedir desculpas e chorar de vergonha, Eduardo. Você tem que sorrir de alegria por ser um campeão.

Parabéns.